Já faz três dias que setembro começou, mas eu ainda preciso falar para vocês sobre três filmes que assisti no mês passado! Vamos lá!

Caçador de recompensas (The Bounty Hunter, 2010)
Direção: Andy Tennant | Gênero: Comédia-romântica | Avaliação: 3/5


Sinopse: Milo Boyd (Gerard Butler) é um ex-policial que ganha a vida como caçador de recompensas que vê seu sonho se realizar quando recebe como missão capturar sua ex-esposa - agora uma fugitiva -, a jornalista Nicole Hurly (Jennifer Aniston).  Tudo parece estar funcionando muito bem para Milo até o momento em que Nicole resolve desaparecer para seguir uma pista de um assassinato encoberto que pode lhe render uma ótima matéria. A partir daí, Milo se envolve na investigação de Nicole e juntos, os dois passam a fugir por suas vidas.
Comentários: Sabe aquele momento em que você não sabe o que assistir e descobre no Netflix aquela comédia romântica bem previsível? Então, foi assim que eu e o boy acabamos assistindo Caçador de Recompensas. O filme termina exatamente do jeito que você deve estar imaginando, mas isso não o torna, de forma alguma, entediante. Garante boas risadas e um bom entretenimento. Recomendado para situações em que se está à procura de uma comédia com um quê a mais, além de atores competentes.



Bling Ring - A gangue de Hollywood (The Bling Ring, 2013)
Direção: Sofia Coppola | Gênero: Drama | Avaliação: 4/5


Sinopse: O filme, dirigido por Sofia Coppola, traz a história real do grupo de jovens que invadiram as casas de celebridades em Calabasas - cidade próxima a Los Angeles - para roubar joias, roupas, acessórios, dinheiro, objetos pessoais, entre outras coisas. Entre as vítimas estão nomes como Lindsay Lohan, Megan Fox, Paris Hilton, Rachel Bilson e Orlando Bloom. 
Comentários: O que dizer além do que já foi dito na sinopse? Bem, o filme trata exatamente do que escrevi na sinopse, mas é interessante mencionar que o faz pela perspectiva da diretora, que utilizou o livro de Nancy Jo Sales como base para o seu roteiro. Reunindo um elenco de jovens bem competentes  e desconhecidos - com a exceção ÓBVIA de Emma Watson -, Bling Ring recria os momentos dos roubos e das entrevistas com alguns dos membros - Nick Prugo e Alexis Neiers (com nomes mudados para Mark e Nikki, respectivamente) - e tenta, de certa forma, explicar os motivos que levaram a gangue à tais atitudes, enfatizando a idolatria e obsessão por celebridades presentes na cultura moderna. É um bom filme para quem se interessou pelo tema, é fã da diretora ou simplesmente que ver a adorável Emma Watson em cena. Sério, ela está INCRÍVEL, assim como o seu sotaque americano. 



De repente é amor (A Lot Like Love, 2005)
Direção: Nigel Cole | Gênero: Comédia romântica | Avaliação: 3/5

Sinopse: Em meados dos anos 90, Oliver (Ashton Kutcher) e Emily (Amanda Peet) se conhecem durante um voo para Nova York. Ele estava indo visitar o irmão mais velho na cidade. Ela havia terminado um namoro e abandonado sua banda de rock de garagem/grunge. Dias depois se reencontram e conversam um pouco sobre o futuro e seus planos para a vida. Oliver é recém-formado e tem um cronograma bem restrito em que tem a sua vida toda planejada pelos próximos seis anos: começar um negócio, fazer sucesso, ganhar dinheiro, encontrar a mulher da sua vida, casar e ser feliz para sempre. Emily, por outro lado, é bastante indisciplinada e não tem plano nenhum, preferindo ir para onde a vida a levar. Conscientes de que são completamente diferentes, os dois se despedem. Durante os próximos sete anos, as vidas dos dois irão se cruzar periodicamente, sempre fazendo com que fiquem separados.
Comentários: Antes de qualquer coisa, preciso dizer que a trilha sonora desse filme é simplesmente maravilhosa. Sério, é muito boa mesmo. Agora, quanto ao filme em si, direi que traz uma boa história, mas sabe quando algo fica faltando? Acho que o motivo de isso ter acontecido foi a falta de química entre os atores. Não funciona e não me convenceu em nenhum momento. Adicionei De repente é amor à minha lista de filmes para assistir antes de morrer na época em que lançou e ficou lá até o último fim de semana. No fim, não perdi muito. Das comédias românticas com o Ashton, ainda prefiro Recém-Casados. Só não vou falar qual filme prefiro com a Amanda Peet porque nunca assisti nada com ela além desse filme. Recomendo De repente é amor para aqueles que gostam de filmes do gênero ou que estão procurando uma história bonitinha para acompanhar durante algumas horas. Não vai perder tempo assistindo, mas também não vai perder muita coisa se não assistir. Fica a seu critério :)





E aí, já assistiram a algum desses filmes? Pensam em assistir? Recomendam algum?

Me contem no espaço para comentários :)

Beijos,

Michas 




Imagens retiradas do site Filmow.


12 Comentários

  1. Só vi o último e não é um dos meus preferidos. Concordo contigo, falta química entre eles. Tenho de ver o Bling Ring:) Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Catarina,

      Bling Ring está bem interessante! Recomendo.

      Olha, De repente é amor não me convenceu. Uma pena, porque o filme tinha tudo para ser legal :/

      Beijos

      Excluir
  2. Quero muito assistir Bling ring, mas só depois que ler o livro. Adoro Coppolinha, não perco os filmes dela, que é uma diretora sensacional. E esses filmes, com ar jovial, são cara dela.
    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nina,

      Bling Ring está incrível! O livro é bem interessante também - apesar de o ter achado um tanto repetitivo em algumas partes - e, em alguns momentos, é impossível não ficar boquiaberto com a audácia/ousadia (?) daqueles jovens. Sério, é muito absurdo. Não parece coisa de verdade, mas é. Recomendo a leitura e o filme :)

      Concordo com você, filmes com ar jovial são a cara da Sofia Coppola :)

      Abraços

      Excluir
  3. Oi, Michelle
    É interessante ver como as opiniões sobre um mesmo assunto podem ser tão diferentes, já assisti De repente é amor e gostei tanto do filme, quanto do casal. Que pena que mão tenha te agradadado, é muito chato quando assistimos um filme e a história não nos convence e nem o casal.
    Quero assistir Caçador de recompensas, apesar de parecer previsível deve ser legal.

    Ah, Michas respondi uma tag no meu blog e te indiquei para respondê-la, espero que goste.
    Beijos

    http://allmylifeinbooks.blogspot.com.br/



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caçador de Recompensas é bem previsível mesmo, Natália. Mas ainda assim, diverte bastante :) Recomendo!

      Ah, adoro responder tags! Obrigada por me marcar! Vou responder sim :)

      Beijos,

      Michas

      Excluir
  4. Só assistir Bling Ring e amei!!
    seu blog é mt fofo!!

    xx
    http://gipsyyy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei de Bling Ring também!

      Ah, fico feliz que tenha gostado do blog :)

      Beijos

      Excluir
  5. Olás!
    Eu assisti a "Caçador de recompensas" bem nesse esquema que você falou. Estava mudando de canal, procurando algo divertido para passar o tempo, e esse filme estava começando. Previsível sim, mas cumpriu seu papel.
    "Blig Ring" eu ainda não vi. Estou me segurando porque quero ler o livro antes.
    "De repente é amor" eu vi faz tempo, mas não lembro de muita coisa. Ou seja, não foi marcante para mim.
    beijo e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "O Caçador de Recompensas" é bem previsível, mas é como você disse: cumpre seu papel e diverte por algumas horas.

      Não gostei mesmo de "De repente, é amor". Os protagonistas não conseguiram me convencer como casal :(

      Beijos e boa semana para você!

      Excluir
  6. Oi Michelle, tudo bem?
    Ainda não vi nenhum dos três mas acho que vou assistir os dois primeiros, porque adoro o Gerard Butler e a Jennifer Aniston e a Emma.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    Você é o que lê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assista sim, Amanda! Depois diga o que achou, tá?

      Beijos, bons filmes e boas leituras :)

      Michas

      Excluir