Letra & Música: As virgens suicidas


Além de ler, uma das coisas que mais gosto de fazer é escutar música e, por isso, decidi inaugurar um novo tipo de post que relacionasse essas minhas duas paixões. ♥

Gosto de ler escutando música e não é sempre que funciona, mas quando dá certo, fico muito feliz. E quando a música combina com o livro, melhor ainda. Adoro escutar uma música e perceber que ela capta a essência ou a atmosfera de uma história e é sobre isso que vou falar nessa nova coluna do blog.

***

Para começar, escolhi o livro As virgens suicidas, de Jeffrey Eugenides, e a música Teen Idle, do álbum Electra Heart, lançado em 2012 por Marina & The Diamonds. As virgens suicidas traz a história das cinco irmãs Lisbon, que vivem em um subúrbio americano dos anos 1970 e cometem suicídio. A narrativa fica por conta dos meninos que viviam na vizinhança das irmãs e que, após muitos anos, ainda não conseguiram superar o ocorrido e, por isso, resolvem recordar os últimos meses de vida das meninas na tentativa encontrar um motivo para a decisão delas. 
Por mais que a história pareça obscura e depressiva, não é isso que o leitor encontra. Jeffrey Eugenides faz tudo parecer muito leve e lúdico, ao mesmo tempo em que torna possível ao leitor sentir a angústia dos meninos e também querer descobrir as motivações para os suicídios das Lisbon. Teen Idle consegue captar tudo isso. A letra me fez pensar em Lux, a mais "rebelde" das Lisbon, e no quanto ela e suas irmãs eram cheias de vida e sonhos; e em como foram reprimidas e presas, impossibilitadas de viver e de serem adolescentes.


Ouça:

Um comentário

  1. Adorei a ideia do post Michas :)
    Ainda não li sua resenha sobre o livro, mas achei que a história parece ser bem interessante. A música também é bem legal e deve combinar com o estilo do livro.
    Eu adoro ler ouvindo música, mas só quando estou num ônibus ou outro lugar onde tem muitas pessoas falando. rs
    Vou esperar mais indicações suas :) Beijos!

    ResponderExcluir