Quem já me acompanha aqui no blog desde o início deve se lembrar que, eventualmente, eu trazia posts relacionados à música, uma de minhas paixões. Confesso que já fui mais viciada e empenhada em descobrir novos artistas, por isso, quase não faço mais posts sobre o assunto. Acho que perdi a mão. Ainda assim, me prometi que em 2014 falaria mais sobre o assunto por aqui, por isso, todo mês tem mixtape :)
Com esse pensamento não pude deixar de me alegrar muito com o tema da postagem coletiva deste mês. Música sempre fez parte da minha vida, por isso, sempre que penso em alguma fase que vivi, é inevitável não me lembrar das bandas/cantores que escutava na época. Ou então, automaticamente, voltar no tempo quando escuto alguma música que marcou muito algum período. Toda essa enrolação explicação é para dizer que hoje vou listar aqui os álbuns - ou discos, como preferir - que marcaram a minha vida. Já aviso que foi bem complicado e que, obviamente, não vou mencionar todos (a lista já tá enorme). Sou uma pessoa de fases musicais marcadas, principalmente, por artistas. Logo, vou acabar listando apenas um álbum de cada, provavelmente, o meu preferido. Preparados? Allons-y!

Continue lendo »



Seguindo a proposta do The Austen Adventures, hoje venho falar sobre as minhas impressões da adaptação de 2007 para "A Abadia de Northanger". Caso tenha interesse em saber o que pensei do livro, clique aqui.
Baseado na obra de Jane Austen, "A Abadia de Northanger" (2007, direção de Jon Jones) traz a história de Catherine Morland (Felicity Jones), uma moça de 17 anos que vive em um vilarejo bastante pacato e adora romances góticos. À convite de amigos de sua família, Catherine vai passar uma temporada na badalada cidade de Bath, onde irá conhecer pessoas de sua idade e participar de passeios no campo e bailes luxuosos. Lá, ela forma uma amizade com Isabella Thorpe (Carey Mulligan) e seu irmão, John (William Beck); assim como conhecerá Henry Tilney (JJ Feild) - por quem se apaixona - e sua irmã, Eleanor (Catherine Walker). Em meio a eventos da alta sociedade e muitas de suas leituras, Catherine começa a confundir ficção com realidade e tudo culmina com a sua visita à famosa abadia de Northanger.

Continue lendo »


Sei que já disse que não gosto de metas e desafios literários e é verdade, não gosto mesmo. O maior problema que encontro nesse tipo de situação é constituído pelos prazos que transformam tudo em uma obrigação sem graça. Ainda assim, resolvi me colocar em mais um projeto - porque a palavra "desafio" deixa tudo muito tenso! - literário pessoal: ler todos os romances de Jane Austen.

Continue lendo »


É cansativo, eu sei. Mas vou repetir: 2014 está passando muito rápido! Lembro que em dezembro estava super chateada porque sabia que ia demorar muito para a estreia da nova temporada de Game of Thrones, mas gente, 6 de abril é domingo já! Enfim, vamos aos favoritos de março :)


| Livros e filmes |

Apesar de ter feito boas leituras em março, nenhuma delas se transformou no que eu chamaria de um favorito da vida. Ainda assim, tive uma experiência bastante agradável com "Amanhã você vai entender", de Rebecca Stead, que não foi excelente, mas me encantou pela simplicidade. Ainda penso em falar a respeito por aqui e/ou no canal :)

Em março, finalmente, voltei ao meu ritmo de assistir filmes. De acordo com as minhas contas foram seis filmes que não conhecia e mais dois que assisti novamente. Ainda vou escrever um Movie Time! (sim, vou trazer a coluna de volta!) falando sobre eles. E o favorito do mês foi "Antes do Amanhecer" (1995), a primeira parta da trilogia "before" e a minha preferida. 

Continue lendo »