"13 incidentes suspeitos", lançamento de novembro da editora Companhia das Letras pelo selo Seguinte, integra a série Só perguntas erradas, que traz Lemony Snicket, o narrador das Desventuras em série, quando este ainda era criança e realizava o seu treinamento como membro de uma organização secreta. O livro é um volume extra e a sua leitura pode ser realizada sem o conhecimento das histórias apresentadas previamente na série.

Como o próprio título indica, o volume traz treze mistérios ambientados na peculiar cidade Manchado-pelo-Mar e que deverão ser investigados pelo jovem agente. A cidade é um local decadente e a maior parte de seus moradores a abandonou após a quebra da indústria de tinta, que era a principal fonte de empregos da região. É neste ambiente quase desértico que Lemony precisará investigar alguns incidentes e apresentar possíveis soluções para os crimes. Os casos apresentam situações como o roubo de uma colher de ouro, estabelecimentos comerciais vandalizados pela Gangue do Tijolão e um suposto fantasma que aparece no caís sempre à meia-noite.

O leitor conta também com um fator interativo: a possibilidade de investigar junto com o protagonista e chegar a uma conclusão antes ou junto com ele. O crime é apresentado e as pistas estão na narrativa; ao final de cada caso há uma indicação para a página em que se encontra a explicação da solução.

***


Para mim foi muito gostoso poder reencontrar Lemony Snicket e lembrar do quanto me divertia lendo "Desventuras em série". Assim como ocorre com a história dos irmãos Baudelaire, em "13 incidentes suspeitos" a narrativa é feita em primeira pessoa por Lemony e, como já era de imaginar, vem carregada de humor, sarcasmo e ironia. Gostei principalmente dos momentos em que o narrador para de contar o que está acontecendo para explicar o significado de uma palavra que acabou de usar. 

O elenco de personagens apresentados também é bastante peculiar: um casal de policiais bastante incompetentes e que passam a maior parte do tempo brigando, a tutora do protagonista que parece evitar fazer o seu trabalho e que está sempre descabelada, um velhinho sem dentes e obcecado por melado, crianças espertas até demais, entre outros. Aliás, aqui mais uma vez o autor (no caso, Daniel Handler) traz crianças que sempre sabem a melhor forma de agir e que apresentam muito mais maturidade que a maioria dos adultos. Alguns destes, por sua vez, são realmente assustadores - e não só para crianças -, como a mãe que quer casar a filha adolescente com um homem velho apenas por dinheiro e um pai açougueiro extremamente violento.

O livro é apresentado como uma série de relatórios com informações secretas e importantes que devem ser acessadas apenas pelos membros da organização. Dessa forma, o volume está dividido em duas partes: o "Subarquivo 1", que traz os relatórios dos casos (os incidentes narrados por Lemony), e o "Subarquivo B", que apresenta as conclusões das investigações (as explicações das soluções). Achei a estrutura bem divertida e apropriada. Um aspecto que me deixou bem curiosa é o fato de que o "Subarquivo B", além de trazer as treze explicações dos mistérios, conta também com algumas informações adicionais que não consegui relacionar aos incidentes do livro. Penso que devem estar relacionadas aos demais livros da série ou ao primeiro grande caso investigado por Lemony Snicket.

Apesar de ser um livro de contos, não há uma quebra no ritmo, de forma que a leitura flui bem e, mesmo sendo um livro voltado para o público infantojuvenil e que traz uma linguagem simples, os casos não são assim tão óbvios. Alguns são bastante enigmáticos e, por mais que eu me esforçasse, só consegui descobrir o desfecho depois de ler a solução.

"13 incidentes suspeitos" resultou em uma experiência de leitura agradável, leve e divertida. E, mesmo que me encontre em uma fase sem muita paciência para os livros infantojuvenis, fiquei com vontade de ler os demais livros da série no futuro. Recomendo a leitura àqueles que já são fãs de Lemony Snicket (ou de Daniel Handler) e das séries em que ele é o narrador. Acredito também que o livro seja uma boa opção para as crianças que se interessam por histórias de mistério.

***

Para acompanhar os casos, o livro traz ilustrações de Seth que aparecem ao início de cada relatório, de cada solução e para retratar algumas situações narradas. A edição traz acabamento em brochura e páginas amareladas (pólen bold). Espaçamento entre as linhas e tamanho da fonte são bons.

Livro cedido pela editora em parceria com o blog.


4 Comentários

  1. Esse livro realmente parece bem divertido. Me deixou seriamente com vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Michas! Tudo bom? :D
    Ainda não li nada do Snicket, mas já vi o filme quando era menor e lembro que o assistia muuuito frequentemente, gosto bastante! Tô criando coragem para começar a ler a série, espero que seja ainda este ano :)
    Abraços,
    Lucas A.

    http://dopapelparatela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Junior
    O livro é bem legal. Acho que deve agradar bastante aqueles que já conhecem os livros de Desventuras em Série e também quem tem interesse em conhecer o universo criado por Lemony Snicket (Daniel Handler).

    ResponderExcluir
  4. Oi :)
    Tudo bem sim e com você?


    Lembro de também ter assistido muitas vezes ao filme de "Desventuras em Série". É bem divertido, mas os livros são bem mais legais, vai por mim. Espero que você leia e se divirta tanto quanto eu, hehe. Lemony Snicket é um narrador cheio de personalidade, é bastante sarcástico e engraçado. E a série é cheia de mistérios que vão sendo aos poucos revelados :)


    Abraços!

    ResponderExcluir