(Um post meio inútil)
Acordei às 10h17 e percebi que lá fora chovia. Estava frio também, então me revirei no colchão, me cobri ainda mais e resolvi dormir só mais cinco minutinhos aproveitando o som da chuva. Por uma hora fiquei deitada, meio dormindo, meio olhando para o teto e meio pensando no que iria fazer em um dia tão ~cinzento~. Faz umas semanas que resolvi iniciar uma tradição de escutar rock antigo nas manhãs de fim de semana, assim, sem muita empolgação, resolvi alcançar os fones de ouvido e ativar o shuffle da minha playlist de rock-pé-na-estrada. Comecei o sábado ao som de 100 Years Ago, dos Rolling Stones. Depois que a faixa terminou, resolvi levantar, colocar um roupão quente por cima do pijama e descer para ingerir a dose matinal de cafeína.


Ao chegar na cozinha, ainda com fones de ouvido, conversei com meus pais. Minha mãe já preparava o almoço e meu pai ralava o queijo para o macarrão. Fui intimada a assistir ao jogo do Brasil que iria começar às 17h40. Sem pensar muito à respeito, concordei e enchi uma xícara com café. Sentei à mesa, observei a fumaça que saía da xícara e concordei com o xerife de Stranger Things: manhãs, de fato, são para café e contemplação. Continuei escutando a playlist até terminar o café. Depois fui para a sala, onde meu pai assistia à competição de ginástica rítmica. Era o primeiro momento em que eu parava para assistir a Olimpíada. Minha mãe resolveu fazer companhia e ficamos lá, todos sem entender nada da modalidade, porém cheios de opinião sobre as coreografias e figurinos. Quando a prova terminou, minha irmã acordou e fomos todos almoçar. Eram quase 14h.

Terminada a refeição, ajudei na arrumação da cozinha e fui tomar um banho. Depois, vesti um pijama e meu suéter-com-um-coelho-de-suéter, me enrolei novamente nas cobertas, liguei o aquecedor e assisti um episódio da 4ª temporada de Supernatural. 4x04 Metamorphosis. Não lembrava da investigação, nem dos diálogos e nem do desfecho. Foi como se assistisse pela primeira vez. Gostei. Enquanto assistia, comi um pouco de chocolate Laka/Diamante Negro - um dos meus preferidos. Aí, chegou a hora do jogo.
Desci para a sala, meu pai já estava preparado confortavelmente no sofá. Abri uma garrafa de vinho para me preparar para as emoções de Brasil x Alemanha - Parte 2 e um possível novo 7x1. Minha mãe decidiu que não iria assistir, minha irmã nem cogitou a possibilidade de assistir. Então, ficamos eu e meu pai na sala, tensos e empolgados ao mesmo tempo. Durante toda a partida, meus olhos revezavam entre a televisão e a tela do celular. Twitter, o melhor lugar da internet e onde sempre encontramos as melhores pessoas com os melhores memes. Qualquer evento fica melhor com a cobertura em tempo real do Twitter.

Gol do Neymar, fim do primeiro tempo, Brasil ganhando: só alegria. Segundo tempo começa, Alemenha faz gol e o nervosismo começa. Acho que comecei a terceira taça de vinho. Não recordo mais. Fim do segundo tempo, prorrogação, disputa de pênaltis. Brasil ganha. Pai e filha se jogam no chão da sala e berram descontroladamente. Minha mãe resolveu verificar o que estava acontecendo e participou da empolgação. Assistimos à entrega das medalhas. Falei coisas bestas no Twitter (todos nós falamos, não?). Acho válido mencionar que não sou exatamente o tipo de pessoa que se importa com futebol, porém, em eventos ~mundiais~ a coisa muda.

Munida de uma garrafa de água e uma barra de chocolate, voltei para o meu quarto e descobri que o álbum novo da Britney Spears vazou. Fiz snaps sobre o assunto e baixei Glory. Comecei a escutar, porém, parei no meio. Este fim de semana chuvoso e cinzento não me parece propício para Britney Spears. Preparei a segunda dose de cafeína do dia para ver se me recuperava da ~névoa~ causada pelo vinho e voltei para a saga dos Winchester. Mais dois episódios assistidos: Monster Movie e Yellow Fever. Gostei de ambos e, novamente, foi como assistir pela primeira vez porque não tinha recordação alguma das histórias. Correção: lembrava apenas da cena em que Dean faz um escândalo por causa de um gatinho. É o tipo de cena que jamais poderei esquecer.

Aí, senti fome e me lembrei que tinha pizza de pepperoni na cozinha. Esquentei um pedaço e comi. Peguei mais uma garrafa de água (afinal de contas, é importante se manter hidratado, né?) e voltei para o meu quarto e comecer a escrever este relato. Agora o relógio marca 1h53 e, teoricamente, já é domingo; porém, como o dia só chega ao fim quando eu vou dormir, ainda é sábado. Como o sono parece estar chegando, não acho que vou assistir mais algum episódio. Continua chovendo lá fora e provavelmente dormirei escutando este som. Boa noite.

- Michas



Deixe um comentário