Estamos em dezembro e faz tempo desde que publiquei o último post neste estilo. Confesso que quando a ideia de manter um diário de leitura me ocorreu, em fevereiro!, imaginei que manteria alguma regularidade. Não por obrigação, mas pelo fato de que adoro falar e registrar meus pensamentos sobre o que eu leio. Tá certo que, por aqui, 2016 não foi um ano muito gentil neste departamento. Ainda assim, gostaria de ter me esforçado mais. Nem que fosse para falar que estava odiando tudo o que me propunha a ler.

Mas tudo bem, vida que segue, hoje eu tô com vontade de escrever sobre minha vida de leitora e é isso que vou fazer. 

Quando percebi que alguns dos livros que separei para doação no início do ano ainda estavam encostados em um canto aqui de casa, resolvi que não deixaria 2016 chegar ao fim sem que eles fossem embora. Na empolgação, resolvi dar continuidade ao meu Projeto Pessoal de desapego e fiz uma segunda limpeza na minha estante. Não contei, mas consegui encher uma caixa com livros e vê-los empilhados lá me deixou aliviada por saber que não estão mais ocupando espaço no meu quarto e que poderão levar felicidade para outros leitores.

***

Faz uns dias desde que concluí minha leitura mais recente (The Heart of Betrayal) e, desde então, não senti vontade de começar nenhuma livro em especial. Tinha me decidido que esta semana seria dedicada à conclusão de Oliver Twist, mas não consegui ir além da página 171. Juro que o problema sou eu, não o livro. Toda vez que leio alguns capítulos, fico super feliz e empolgada - a narrativa do Dickens é tão gostosa de ler, gente -, mas aí, fico vários dias sem pegar no livro. Vai entender.

Sem querer me pressionar, mas já me pressionando, decidi que não vou carregar essa leitura para o ano que vem, de forma que montei um ~esquema~ para me auxiliar. Vou ler uma quantidade de páginas por semana até o fim do ano. Talvez eu faça diários de leitura sobre a experiência. Ou talvez eu não faça. Veremos.

***
Semana passada teve Black Friday e até agora estou muito surpresa com o meu autocontrole. Acreditem, só comprei dois livros! No caso, as sequências para o primeiro livro da série das crianças peculiares. Li o primeiro livro em 2013, em inglês, e até fiz vídeo sobre ele. Foi uma das minhas melhores leituras daquele ano. Lembro de ter ficado muito surpresa com as reviravoltas do final e de querer ler a continuação - que ainda não tinha sido lançada -, coisa que até hoje não fiz.

Esse é um problema que tenho quando me proponho a ler séries. Não tenho a disciplina necessária para acompanhar séries literárias que ainda estão em andamento - claro que há exceções (George R.R. Martin, estou olhando para você) -  e hoje percebo que é melhor esperar para ler tudo de uma vez. Como nunca desisti das crianças peculiares, sabia que precisaria fazer uma releitura do primeiro livro e não pude resistir à essas edições novas e caprichadíssimas que a Intrínseca lançou. Gostaria muito de ler em inglês porque gostei da escrita do Ransom Riggs, mas, na real, sem condições os preços das edições no original. Vou ter que me contentar com a tradução mesmo, vida que segue. E, como eu disse, a Intrínseca fez um trabalho lindo - capa dura! Cores diferentes! Jacket!

***

Para concluir essa ~edição~ do meu diário de leitura, vou deixar a foto do livro misterioso que veio na caixa igualmente misteriosa da TAG - Experiências Literárias (fiz o unboxing no meu canal). Achei a capa linda e muito ~summer vibes~. Provavelmente lerei em janeiro, se 2017 nos agraciar com dias quentes.


2 Comentários

  1. Eu amo muito posts literários <3
    Esse ano decidi num esquema que basicamente eu iria ler um dos livros qur tenho no meu criado mudo, felizmente não são mais que 12, e iria intercalar com um livro que eu compraria e estava afim de ler no momento porque eu sou muito mood reader. Deu certo. Consegui diminuir pelo menos 5 livros que se não fosse por esse tipo de leitura não conseguiria. Alguns foram bons e outros bem ruins mas faz parte.

    Por isso que fiquei feliz em ver que iria comprar três livros na Black Friday e desisti. Fechei o site com o carrinho quase pra pagar porque não queria colocar mais coisas na minha pilha e me senti muito vitoriosa! hahaha E como você eu não sou a melhor pessoa pra ler séries de livros. Eu leio algumas, mas preciso dar um tempo entre um livro e outro, que nem em série de televisão. Eu termino uma temporada e preciso processar, com outras histórias, antes de ir pra outra, hahaha. Engraçado isso, né? Como cada pessoa lê de um jeito.

    Se eu pudesse pedir, iria falar pra você fazer um resumão do que leu no seu ano. Beijo!

    Pale September

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tany :)

      Gostei do seu esquema de intercalar livros que já estão na estante com livros que quer ler no momento. Acho que sou um pouco mood reader e este ano essa característica definiu bastante minha vida literária. Percebi que os livros de que mais gostei foram justamente aqueles que comecei a ler assim que comprei. Vou prestar mais atenção nisso no ano que vem.

      Deve ter sido ótima a sensação de fechar o site da Amazon na Black Friday sem comprar nada!E entendo muito essa coisa de não querer aumentar a pilha de livros para ler. Às vezes, é melhor a gente só comprar aquilo que quer ler na hora mesmo, ainda que seja um pouco mais caro. Pelo menos o livro não fica parado na estante.

      Essa coisa de pausar séries de livros e temporadas é algo que faço sempre. Tem horas que me canso de uma história e prefiro parar para que eu continue gostando. Percebi que muitas vezes deixo de gostar de uma série porque estou lendo/assistido sem estar com muita vontade, sabe? Aí, parece que estou forçando e isso não é legal. Também acho esses hábitos curiosos, hehe. É legal ver como cada um tem seu jeito de ler.

      Mas é claro que pode pedir! Eu costumo fazer meus resumos/retrospectiva/escolha de melhores no começo do ano, porque sempre fico com a sensação de que posso ler a melhor coisa da minha vida no último dia, sabe? Preciso que o ano tenha chegado ao fim para escolher. Mas vou falar sobre isso sim, pode deixar :)

      Beijo!

      Excluir