Metas de leitura para abril

Março foi um mês longo e, por isso, imaginei que conseguiria ler bastante. Contudo, ao analisar as leituras concluídas e algumas observações que fiz no meu ~bullet journal~, me dei conta de que 1) não li tudo o que queria e 2) infelizmente, não consegui ler todos os dias. Na verdade, li apenas durante metade do mês. Não vou mentir, há sim um pouco de frustração, já que meu interesse por todos os livros da meta anterior era enorme - ainda é! -, mas como uma das minhas decisões como leitora é não me culpar por "ler pouco", não vou choramingar muito por aqui (risos). 

Nesse primeiro semestre de 2018 me dei conta de que os meus momentos de leitura mudaram e não é todo dia que consigo ler em ocasiões aleatórias de ócio - coisa que fazia muito há alguns anos e que me fazia ler mais -, de forma que costumo ler mais durante a noite, normalmente antes de dormir e quando já estou cansada e menos concentrada. Por esse motivo, além de ler menos, também percebi que consigo me aprofundar melhor nas leituras de não ficção e/ou naquelas realizadas pelo Kindle. Além disso, foi um mês mais agitado na minha vida não relacionada a livros, então acho que é natural que eu tenha buscado lazer por outros meios, como a Netflix e o YouTube. No mais, acho importante focar no fato de que gostei de tudo o que li e estou ainda mais empolgada com a minha meta para abril! 😊 


Começando com as pendências (risos), quero concluir a leitura de A Redoma de Vidro, que comecei ainda na segunda semana de março, mas não fiz muitos avanços. Por enquanto, não aconteceu nada de muito impactante, mas estou gostando. Outro que quero concluir é Assassinato no campo de golfe, uma releitura que comecei na Páscoa e que está sendo bem legal. Apesar de lembrar do desfecho, não me recordo dos detalhes da investigação e, por isso, tem sido surpreendente.

Agora, as ~metas reais~ para abril!


Michael Jackson: The Magic, The Madness, The Whole Story, de J. Randy Taraborrelli (Amazon)
Já mencionei que estou lendo desde dezembro (!) e depois da pausa que fiz em março, não só resolvi retomar, mas também decidi que quero terminar ainda neste primeiro semestre de 2018. Assim, montei um esquema e de acordo com ele, este mês devo ler da parte 6 até a parte 9. Pode parecer muito, mas acho que será a meta mais fácil de cumprir, já que sempre que sento para ler este livro, devoro os capítulos; e acho que isso deve acontecer de forma ainda mais intensa conforme for me aproximando dos anos 1990 e 2000.

O Prisioneiro do Céu, de Carlos Ruiz Zafón (Amazon)
Queria ter começado a leitura imediatamente depois de terminar O Jogo do Anjo, mas resolvi ter calma, pois ainda não havia comprado o último livro da série do Cemitério dos Livros Esquecidos. Esta será mais uma releitura, apesar de me lembrar apenas dos fatos principais da história. 


Tartarugas até lá em baixo, de John Green (Amazon)
Um dos livros que coloquei na lista de leituras para este ano. Acho que o hype passou e que agora, finalmente, chegou o momento de mergulhar nesta nova história do John Green. Não vou mentir, espero amar muito, me divertir horrores e não problematizar. Uma das minhas melhores amigas, que não gosta muito do autor, leu e amou; então, acho que as chances de eu ter uma ótima experiência são muito reais. Espero estar certíssima.

Sailor Moon - volume #4, de Naoko Takeuchi (Amazon)
Sigo firme e forte na saga das guerreiras que lutam pelo amor e pela justiça em nome da Lua! Estou adorando a história, principalmente depois da metade do volume #3, que terminou de um jeito muito abrupto e me deixou cheia de questões e curiosidade para saber o que vai acontecer.

Franny & Zooey, de J.D. Salinger (Amazon)
Foi o livro que tirei no sorteio da TBR Jar e que comecei a ler em fevereiro. Agora, quero retomar e, no caso, lerei a segunda história. É uma novela com pouco mais de 150 páginas. Apesar de ter travado logo no início, vou tentar mais uma vez este mês.  

É possível que eu esteja sendo muito ambiciosa, mas espero conseguir ler todos os livros e, principalmente, me divertir! Boas leituras para todos!

Nenhum comentário