CONTO: Krampuslauf, de Holly Black


Em Krampuslauf, Holly Black traz uma história diferente, mais sombria e misteriosa, para as festas de fim de ano. 

Durante a segunda Krampuslauf de Fairmont - uma parada que celebra o Krampus, o "horripilante companheiro do Papai Noel", na qual as pessoas se caracterizam como a criatura - Hanna e suas amigas Penny e Wren acabam encontrando Roth, sua namorada e seus amigoa ricos. A questão é que Penny está namorado Roth, que por sua vez nunca falou sobre ela para seus amigos, além de estar namorando também Sithe, uma garota linda-tipo-modelo, rica, perfeita e, de forma geral, o total oposto de Penny. Ah, ela também não sabe que Roth está em um relacionamento com Penny. 

Deu para perceber que Roth é boy-lixo, né? Hanna e Wren também perceberam e resolvem ajudar Penny a confrontá-lo na Krampuslauf, só que as coisas não saem como planejaram e elas acabam convidando todo mundo para uma festa no trailer da falecida avó de Hanna. Obviamente, a ideia da festa foi um improviso e agora elas terão que se virar para fazer tudo acontecer. Ah, no meio dessa confusão toda, Hanna acaba conhecendo um garoto misterioso com a  melhor fantasia de Krampus e, sem pensar muito, acaba o convidando também. 

Partindo dessa premissa simples, o conto, narrado por Hanna, tem uma estrutura que intercala o presente, no qual acompanharmos os preparativos para a festa, e momentos de pausa, em que ela conta fatos sobre sua infância, sua família e seus natais cheios de desilusão com Papai Noel. Aqui, mais uma vez, pude sentir o quanto a escrita de Holly Black vai, aos poucos, nos envolvendo de forma que, sem a gente perceber, já estamos completamente presos à história e aos personagens. Apesar de ser um conto um pouco longo, a leitura flui bem e dá para ser feita rapidamente. Também senti aquela atmosfera sutil de magia que me encantou em O canto mais escuro da floresta, o que fez com que gostasse ainda mais da leitura, principalmente depois de ler o final. Eu adoro o final desse conto!

Foi uma releitura que gostei muito de fazer e acho que agora Krampuslauf é um dos meus contos favoritos de fim de ano. Leitura recomendada! 

Nenhum comentário